Categorias
Automação Comercial e de Logística

O papel dos coletores de dados na automação comercial

O coletor de dados é um equipamento desenvolvido para capturar e transferir informações e dados. Empresas de diversos setores utilizam esse equipamento portátil. As principais são indústria, prestadoras de serviços, setores de logística e comércio. O papel dos coletores de dados na automação comercial é preponderante para gerenciar, armazenar, processar informações contidas nos códigos de barras das embalagens dos produtos. 

Esse dispositivo é muito simples de ser operado e funcional. A coleta de dados é feita por um operador que executa a leitura do código de barras. Essas informações podem transmitidas online, por meio de uma rede sem fio (wireless) ou elas ficam armazenadas na memória do aparelho. Quando as informações ficam retidas no coletor, elas vão ser transferidas para um microterminal ou computador, utilizando cabo USB, Wi-Fi, Serial RS-232, infravermelho, IrDA padrão ou bluetooth. 

 

Utilização dos coletores de dados na automação comercial

As utilizações mais comuns dos coletores de dados são:

  • Endereçamento
  • Inventário de estoques
  • Conferência de embarque, saída, carga e caminhão
  • Entrada de mercadorias
  • Abertura de ordem de serviço
  • Gerenciamento físico
  • Medidor de consumo
  • Pesquisa de preços
  • Controle de data de validade de produtos
  • Comanda de pedidos

 

Os coletores de dados na automação comercial

Os coletores de dados funcionam como verdadeiros computadores portáteis. Seja no registro de estoque, inclusão de pedidos, realização de inventários em depósitos e centros de distribuição, entre outras funções, o uso do coletor de dados reduziu os erros manuais. 

Leia também: 5 aplicações de coletores de dados para usar em sua empresa

 

As empresas comerciais possuem o grande desafio de manter elevados, os níveis de satisfação do cliente. Os consumidores estão cada vez mais exigentes e a concorrência mais acirrada. Pensando nisso, além de capacitar suas equipes, os empreendedores precisam investir em equipamentos que facilitem suas operações diárias, ofereçam mais conforto aos clientes e provocam automação nos processos. 

Os coletores de dados são extremamente uteis para a realização de inventários, recebimento de mercadorias, separação de pedidos, etc. Mas, esses aparelhos também podem ser integrados aos ERPs (sistemas de gestão empresarial). A partir dessa integração, é possível facilitar o trabalho tanto dos colaboradores, dos clientes e dos gestores da empresa, pois a captura e o processamento das informações e dos dados vai acontecer de maneira integralizada. 

Com essa integração entre os coletores de dados e o sistema ERP, a empresa obterá uma gama maior de informações, poderá fornecer respostas mais rápidas ao consumidor, controlar de maneira mais eficiente e pró ativa o estoque, pedidos e fluxo de caixa, garantindo mais automação em todos os processos. 

A compra ou aluguel de um coletor de dados se justifica pelas principais qualidades desse aparelho:

  • Maior agilidade nas tarefas e operações do dia-a-dia da empresa. 
  • Redução de custos em todos os processos.
  • Maior mobilidade dos colaboradores, funcionários e terceirizados.
  • Redução de erros manuais e humanos. 

 

Tipos de coletores de dados para automação comercial

A escolha dos coletores de dados vai depender de qual finalidade eles serão empregados. Há diferentes modelos com diversas aplicações tecnológicas, formatos, tamanhos e marcas. 

Os principais coletores de dados são:

  • Coletores Batch ou de entrada
  • Coletores EDA – 3G/GRPS
  • Coletores Wireless
  • Coletores Health Care
  • Coletores com Windows CE/ Mobile
  • Coletores com Android
  • Coletores RFID

Para saber o tipo ideal para seu negócio melhorar automação comercial, entre em contato com a Sull Automação. Solicite uma consultoria técnica sobre a implantação dos coletores de dados na sua empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *