melhores leitores de códigos de barras

A leitura de códigos de barras é uma tecnologia que revolucionou o atacado e varejo, que utilizam esse procedimento diariamente para agilizar seus processos. Seja no recebimento de mercadoria, controle de estoque, PDV, esse tipo de leitura ajuda tanto os atacadistas, quanto os varejistas. Mas, como escolher os melhores leitores de código de barras?

A escolha do leitor de código de barras é um procedimento que demanda muita experiência do gestor para conhecer sua empresa. Há muitos dados e especificações técnicas, que comparar os modelos se torna uma missão difícil. 

Além disso, não é possível colocar os leitores de códigos de barras numa escala linear. Isso acontece porque cada modelo tem suas especificidades. Hoje em dia, a utilização dos leitores de códigos de barras aumenta constantemente em armazéns, mercados, empresas de logística e indústrias. 

O uso de códigos 2D para rastrear produtos com códigos únicos ajudam as empresas a prevenir fraudes e melhorar a produção. Então, como escolher os melhores leitores de códigos de barra? O primeiro ponto é identificar a aplicação do leitor de código de barras. Para isso, responda as seguintes perguntas:

 

Onde os leitores de código de barras serão usados?

Os leitores de código de barras servem para ajudar em diversos setores das empresas, seja no estoque, no PDV, recepção de mercadorias e caixa. Portanto, os gestores precisam identificar o local onde ficarão os equipamentos e quais modelos que são compatíveis para o local. Por exemplo, para os pontos de PDV, os leitores mais indicados são os fixos, pois agilizam a leitura dos produtos. 

 

Qual tipo de código de barras deverá ser lido?

No Brasil, grande parte dos códigos de barras possuem 13 números. Eles seguem o padrão da Europa do EAN (European Article Number). Para a maioria dos produtos, há pouca variação desses números. 

Nos estabelecimentos de correspondentes bancários, é fundamental utilizar leitores de códigos de barras para boletos com 48 dígitos. 

Os códigos mais comuns são EAN, 1D (lienar imager, laser e CCD) e mais complexos 2D (armazenam textos e dados ou bytes). Confira os códigos mais comuns:

  • EAN-13/ EAN-8: Códigos de barras de mercados;
  • Code39: utilizado em indústria bélica e automotiva;
  • Code128: usado para operações logísticas. O código DANFE que é usado em notas fiscais no Brasil, também utiliza esse padrão;
  • PDF417: código 2D que pode ser lido por alguns leitores de código de barras lineares;
  • Aztec: 2D usado em companhias aéreas.
  • ITF-14: usado em logística para ser impressa diretamente sobre papelão.
  • Data Matrix: 2D utilizado nas indústrias para etiquetas pequenas. 
  • QR Code: 2D mais usado em vários setores da economia.

Leia também: Os melhores equipamentos e tecnologias para automação de sua empresa

 

Que tipo de mercadoria será lida pelos leitores de código de barras?

Além do local onde ficarão os leitores de código de barras, é importante também saber quais serão as mercadorias a serem submetidas ao código de barras.

Algumas informações são fundamentais como: peso do produto, tamanho da embalagem, tamanho do produto, tipo de superfície onde ficará o código de barras, entre outros. 

 

Qual é o fluxo de caixa da sua empresa?

Um dos principais locais que precisam de leitores de códigos de barras é o PDV. Por isso, é fundamental conhecer a movimentação de mercadorias nesse local. 

Em empresa onde há grande fluxo de pessoas como supermercados, drogarias, a operação nesse ambiente deve ser rápida, eficiente e sem complicações para o consumidor. Pensando nisso, o leitor de código barras fixo é o mais indicado para aumentar a produtividade dos colaboradores, agilizando as operações.

 

Tipos de leitores de códigos de barras

Os leitores de códigos de barras devem estar integrados ao sistema da empresa ou ERP para garantir maior produtividade no negócio. 

Há 3 grandes grupos de leitores de códigos de barras:

Leitores fixos – são conhecidos como scanner display e o produto com código de barras para por ele. É comum em linhas de montagem e caixas de supermercado. 

Leitores móveis sem fio ou wireless: Recomendados para serviços de campo como estoque, logística. Eles são capazes de armazenar dados no próprio aparelho.

Leitores móveis com fio (formato pistola): Acompanham um suporte fixo e são conectados aos computadores. Eles permitem uma maior mobilidade e flexibilidade para ler os códigos de barras em qualquer lado da mercadoria. 

 

Os melhores leitores de códigos de barra são aqueles baseados na demanda da sua empresa. Quer saber mais, fale com nossos consultores. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *