Categorias
Automação Comercial Automação Industrial Coletores de Dados Logística

Coletor de dados integrado ao ERP, centralizando e facilitando o controle

Quando o coletor é integrado com o sistema ERP da empresa sua utilidade se torna maior, para entender a importância do coletor de dados integrado ao ERP, leia o texto até o final e descubra por que sua empresa precisa ter essa integração de sistemas.

Saiba por que sua empresa precisa do coletor de dados integrado ao ERP

O sistema ERP é criado para facilitar a gerência de forma integrada da empresa. Com esse sistema, é possível controlar todos processos de produção da empresa a partir do computador ou tablet.

O que torna esse sistema popular é a facilidade de integrar todos os setores da empresa, inclusive as máquinas.

Se o sistema ERP centraliza as operações da empresa, por que não fazer isso também com o coletor de dados?

Coletor de dados integrado permite que toda empresa tenha acesso as informações coletadas pelo leitor de códigos de barras.

Dessa forma, os dados coletados não dependem do aparelho para serem consultados, isso pode ser feito usando computador, smartphone ou tablet.

Coletor de dados integrado ao ERP faz com que qualquer funcionário tenha acesso às informações, sempre que necessário.

Além disso, integrar coletores de dados com ERP vai além do compartilhamento de dados, conheça soluções geradas por essa integração.

Soluções que podem ser criadas a partir de coletores de dados integrados ao ERP

Conheça algumas soluções automatizadas que são possíveis com coletor de dados integrado ao ERP.

Depósito automatizado

Para manter o controle do depósito é comum usar coletor de dados que captura informações sobre cada mercadoria.

As informações coletadas, geralmente, são passadas manualmente para uma planilha, com o ERP integrado isso é feito automaticamente.

O depósito automático facilita a execução de atividades de rotina como separação, recebimento, movimentação e controle de qualidade do produto.

Criar mapa do inventário

Inventário grandes, mesmo que estejam organizados, consomem muito tempo dos empregados responsáveis pela contagem de estoque.

Usando o coletor de dados é possível obter informação de cada produto apenas fazendo a leitura do código de barras.

As informações coletadas podem ser acomodadas em uma lista gerada pelo sistema ERP.

A lista com as informações gerada pelo ERP pode conter informações sobre a localização de cada produto.

Desta forma, a planilha de controle de estoque pode ser preenchida sem que haja erros.

Com o mapeamento do estoque a reposição de material é mais eficiente, pois todas informações estarão disponíveis on-line.

Automatizar o estoque reduz o tempo de realização do inventário em 70%.

Gestão da entrada e saída de materiais

Qualquer item que sair da empresa, seja produto final ou matéria prima, terá o código de barras lido pelo coletor.

Dessa forma será possível saber qual era a posição de armazenado e o destino do produto.

A gestão de entrada e saída de materiais também pode ser usado para propósitos internos.

Dessa forma, as paradas no processo de fabricação diminuem e o processo se torna otimizado.

Leia também 5 formas de automação mais baratas para pequenas empresas

Coletor de dados integrado ao ERP deixam a gestão empresarial 100% integrada.

Você quer integrar o coletor de dados ao sistema ERP? Descubra como

Para integrar o sistema ERP conte com ajuda de uma empresa com experiência no mercado de automação.

A Sull Automação oferece uma linha de aplicativos para automação, coletores de dados e etiquetas.

As soluções oferecidas pela Sull Automação podem ser personalizadas de acordo com o porte de sua empresa. Caso, você precise de ajuda na implantação de sistema ERP, a Sull automação oferece assistência técnica.

Conhecendo as soluções criadas usando coletor de dados integrado ao ERP automatize sua empresa entrando em contato com a Sull.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *